Acólitos

Na Igreja existem diversas funções desempenhadas por diferentes membros/pessoas. Estes serviços são habitualmente designados por Ministérios, uma vez que a palavra Ministro significa servidor. Desta forma, de entre os vários Ministérios Litúrgicos, encontra-se o dos Acólitos.

A palavra acolitar significa “acompanhar no caminho”, sendo aquele que, “na celebração da liturgia, acompanha outras pessoas, para as servir e ajudar”. Portanto, o acólito é alguém que tem um autêntico espírito de serviço, e que fica contente quando, com as suas ações, presta uma ajuda eficaz à sua paróquia e aos seus irmãos cristãos.

O acólito acompanha e serve o presidente da celebração da Eucaristia, que tanto pode ser o Bispo como o Presbítero.

Porém, é também seu dever servir o Diácono, o Ministro Extraordinário da Comunhão, assim como outras pessoas que necessitem de auxílio durante a celebração da Eucaristia. Mas, acima de tudo, o acólito acompanha, ajuda e serve o próprio Jesus.

A função do acólito, seja ela qual for, é um serviço que se presta e não uma oportunidade para que a pessoa se possa mostrar. Servindo Jesus, segue o seu exemplo, pois Jesus veio “não para ser servido, mas para servir” (Mc 10, 45), fazendo da vida um serviço e uma doação aos outros por amor.

 

 

Responsável

Tiago Martins

 

Periodicidade: Mensal

Reunião: Penúltimo Sábado do mês 14h00

 

 

10 Mandamentos do Acólito

10 Mandamentos do Acólito

COLEÇÃO VISITÁVEL DA MATRIZ DE LAGOA

LITURGIA DO DIA

PAPA FRANCISCO

NOTÍCIAS ECCLESIA